quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Fomos escolhidos por Jesus...

Não fostes vós que me escolhestes; ao contrário, Eu vos escolhi a vós e vos designei para irdes e dardes fruto, e fruto que permaneça. Sendo assim, seja o que for que pedirdes ao Pai em meu Nome, Ele o concederá a vós.. João 15:16

Portanto, não houve um dia quando tivemos a grande ideia de crer em Jesus. A história da salvação de cada um começou antes dos tempos, na glória, quando o Pai deu ao Filho aqueles que haveriam de crer nele. Então, depois de consumada a obra com a morte e ressurreição de Jesus, o Espírito Santo encheu aquele que haveria de crer em Cristo com a água da Palavra e o Senhor a transformou em vida, como é figurado nas bodas de Caná (João 2).
Uma vez que recebeu vida do alto (novo nascimento), aquele que outrora fora inimigo de Deus e incapaz de buscar a Deus (como nos ensina Romanos 2), reconheceu o seu pecado (convencido pelo Espírito) e assim creu em Jesus, sendo então selado com o Espírito Santo da promessa.
O selo do Espírito é a garantia de Deus de que tal pessoa jamais se perderá, assim como uma carta é selada para garantir sua chegada ao destino.
 “Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa. O qual é o penhor (garantia) da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória”. Não somos nós que nos selamos, mas Deus é quem faz isso. (Ef 1:13-14)

Palavra de Fé #01